Elizangela

O presidente do PDT do Distrito Federal, Georges Michel, juntamente com a secretária geral, Eroídes Lessa, e segundo tesoureiro, Gutemberg Gomes, se reuniram com os presidentes das Zonais da Capital, nessa segunda-feira (02), na sede nacional do partido, em Brasília, para discutirem as ações estratégicas da legenda distrital com foco nas eleições de 2018.

Dentre as definições discutidas no encontro está a realização de um levantamento junto à população do DF, seguido de seminários com os moradores de cada satélite para se debater as demandas recolhidas. Posteriormente, as questões serão discutidas em um segundo seminário, realizado entre os dirigentes do PDT, para uma discussão mais profunda, que dará origem ao plano de governo e às ações em atendimento às reivindicações da comunidade.

“2018 já começou para nós. Vamos trabalhar o PDT como uma oportunidade de poder, em Brasília e no país”, anunciou Michel, ao abrir a reunião. De acordo com ele, o papel do partido é fundamental nesse momento de crise de identidade pela qual atravessa os partidos de esquerda. E nesse contexto, reforça o presidente, o PDT tem uma grande vantagem, por não estar envolvido em nenhum dos esquemas de corrupção atualmente investigados no país.

O presidente destacou, ainda, a importância de o partido se reestruturar a partir de seus movimentos sociais de base já que dialogam diretamente com a população. “Temos de conhecer as especificidades de cada cidade satélite e suas demandas, que são muito diferentes uma das outras. E para esse trabalho é preciso mobilização e uma organização constante”, frisou.

Gutemberg explicou que o ponto de partida é dar sequência aos trabalhos já iniciados pelos presidentes das Zonais que, ao longo da reunião, explicaram individualmente como os levantamentos têm sido desenvolvidos, expondo algumas demandas urgentes já detectadas.

Eróídes Lessa esclareceu que o segundo passo será a compilação de todas as informações levantadas, apresentadas em uma reunião com todos os dirigentes, onde para detectar as demandas mais apontadas pela comunidade.  A partir desse ponto, será possível traçar estratégias de ações para as soluções dos problemas viáveis, de médio e curto prazo, bem como a elaboração de um programa de governo.

Outra ação que faz parte das atividades a serem desenvolvidas é a realização de um curso de formação política junto aos dirigentes de cada Zonal.

“O PDT é um partido limpo e a sociedade sabe disso. Essa é a nossa hora de crescermos e ganharmos”, asseverou o presidente Georges Michel.

3 de maio de 2016

PDT-DF define ações estratégicas para eleições de 2018

O presidente do PDT do Distrito Federal, Georges Michel, juntamente com a secretária geral, Eroídes Lessa, e segundo tesoureiro, Gutemberg Gomes, se reuniram com os presidentes […]
19 de abril de 2016

PDT expulsará os seis deputados federais que votaram contra Dilma

O PDT iniciou no dia 18 o processo de expulsão dos seis deputados federais do partido que no domingo 17, votaram a favor do impeachment da presidente […]
15 de abril de 2016

PDT-DF denuncia ação de provocador usando o nome do partido

O presidente do PDT do Distrito Federal, Georges Michel, divulgou nessa quinta-feira (14) nota à imprensa na qual repudia as atitudes do Sr. José Silvio dos Santos que, denominando-se […]
13 de abril de 2016

Ação Solidária do PDT acolhe reivindicações dos moradores da Estrutural

A Ação Solidária do PDT deste mês, realizada ontem (12), na Cidade Estrutural, teve como objetivo o acolhimento das demandas dos moradores daquela região. Liderados pela […]