PDT-DF celebra fim de ano e feito de legenda com mais filiações em 2015

AMT-DF realiza seminário para incentivar líderes de sucesso
8 de dezembro de 2015
Ação Solidária Engenho das Lajes
PDT-DF inicia 2016 com Ação Solidária
12 de Janeiro de 2016

PDT-DF celebra fim de ano e feito de legenda com mais filiações em 2015

Mais de 250 pessoas se reuniram na noite do último sábado (12) para a tradicional confraternização de final de ano do PDT do Distrito Federal. Este ano os pedetistas da Capital tiveram um motivo a mais para as celebrações: a legenda trabalhista foi a que mais conquistou novos filiados em 2016, de acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O evento reuniu dezenas de militantes e vários membros da Executiva estadual, dentre eles o presidente do PDT-DF, Georges Michel, o senador Cristovam Buarque, a presidente da Câmara Legislativa, deputada Celina Leão, o deputado Reginaldo Veras, o secretário-adjunto da Secretaria de Trabalho do DF, Thiago Jarjour, e o presidente da Juventude Socialista do DF, Léo Bijos, entre outros.

Além de comemorar o crescimento do PDT no DF, Georges Michel, falou sobre suas expectativas para as próximas eleições.

“Hoje é um dia muito especial para nós. Este foi um ano muito bom para o PDT. Realizamos muitas reuniões, 12 convenções e organizamos o partido em todas as zonais do DF. Espero que, no próximo ano, estejamos ainda mais fortes, participando das eleições do entorno e, em 2018, elegendo no governador e presidente da República”, vislumbrou.

Na ocasião, o Senador Cristovam chamou a atenção para a crise política e econômica atualmente vivia pelo Brasil e pelo DF, e ressaltou a importância do posicionamento do PDT, para que o partido se fortaleça perante a nação.

“2016 não vai ser um ano fácil para o Brasil. Não vai ser um ano fácil para o Distrito Federal. Por isso, pode ser um ano bom para a gente, porque é na crise que se afirma quem faz politicagem. Na crise que se afirma que o partido que quer ser alternativa.

O primeiro o secretário do trabalho do GDF, Thiago Jarjour, disse que, momentos como o da confraternização são uma oportunidade importante para se reencontrar os amigos, coisa que a rotina de trabalhos imposta pelo executivo não permite acontecer com frequência.

“Queria que todos os meus amigos queridos aqui, de luta e de caminhada, sintam-se abraçados… Vou desejar aqui, para nós do PDT, um excelente 2016. Com certeza o nosso partido caminha para ser o maior e o melhor partido nas eleições de 2018”, declarou.

A exemplo de Georges Michel, a presidente da Câmara Legislativa do Distrito Federal, a deputada Celina Leão, também destacou a importância do crescimento do PDT na Capital e salientou a que o PDT tem feito um excelente trabalho no Distrito Federal como um todo PDT.

“O PDT tem dado um exemplo e tem ajudado muito o Governo do Distrito Federal. É a melhor composição da Câmara em 20 anos de trabalho, com aprovação de 80%, de acordo com a última pesquisa. A gente sabe que a gente não faz isso sozinho. A gente faz isso junto com o PDT”, afirmou.

Premiações

No decorrer do evento, foram sorteados vários brindes, com destaque para uma smart TV, previamente prometida ao militante responsável pelo maior número de novos filiados ao partido. O vencedor, Alceir Dionísio – que realizou quase 300 filiações em 2015 – recebeu o prêmio das mãos do presidente George Michel, após anúncio caloroso da organizadora do evento, Eroídes Lessa.

“É muito gratificante ver uma pessoa tão dedicada e guerreira como o Alceir. Ele é sempre muito comprometido com partido. É muito difícil filiar 282 pessoas em um ano, é quase a marca de uma pessoa por dia”, ressaltou Eroídes.

O evento também fui uma oportunidade para a realização do “Ação Solidária do PDT”, que todo dia 12 de cada mês, em alusão ao PDT, promove uma ação de caridade no DF. Com esse intuito, na oportunidade, os participantes levaram os brinquedos que serão doados para as crianças carentes de uma instituição local, no dia 12 de janeiro de 2016.

Por: Elizângela Isaque
Jornalista PDT Distrito Federal
Pós-graduanda pela Cátedra UNESCO de Bioética da Universidade de Brasília (UnB)

Comments are closed.